Recife/Olinda

Um sítio protegido pela altura descortinando o mar, com um porto natural formado pelos arrecifes, água em abundância e terras férteis, e fácil de defender, segundo os padrões militares da época.
O local era tão aprazível, que, conta-se, o nome Olinda foi dado a partir de uma frase dita por Duarte Coelho: “Ó linda situação para se construir uma vila”.
Não se sabe o dia da fundação de Olinda; sabe-se que o povoado prosperou tanto, que em 1537, já estava elevado à categoria de vila. Em 12 de março de 1537, Duarte Coelho enviou ao rei de Portugal, D.João III, o Foral, carta de doação que descrevia todos os lugares e benfeitorias existentes na Vila de Olinda.
Nas praias, a vila foi fortificada para a defesa e do alto das colinas se expandiu em direção ao mar, ao porto e ao interior onde ficavam os engenhos de açúcar.
 
•SAIDA: 08:00H
•RETORNO: 16:00H
•VALOR: SOB CONSULTA

voltar para Passeios

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR|bsd b10||image-wrap|news c05|normalcase uppercase c10|b01 c05 bsd|news login c10|tsN normalcase uppercase c10|normalcase uppercase c10|content-inner||